Tempo:
14 C
overcast clouds
Curitiba
umidade: 82%
vento: 4 m/s E
H15 • L13
HomeBem-EstarHospital recebe exposição de fotos
palhaços

Hospital recebe exposição de fotos

por | jul 5, 2019 | Bem-Estar

Atuando há cinco anos na região metropolitana de Curitiba, o Nariz Solidário, ONG que leva a linguagem do palhaço para ambientes de atenção à saúde, promove Exposição de fotos em um dos hospitais onde o grupo atua, com fotos capturadas no Hospital do Idoso Zilda Arns e Hospital Infantil de Campo Largo. A abertura da mostra acontecerá no dia 06 de julho, no Hospital do Idoso Zilda Arns, a partir das 9:30 da manhã. A exposição “Me empresta seu sorriso” reúne 22 fotos e ficará aberta para visitação até o dia 6 de agosto.

As fotos são resultado de uma pesquisa feita por uma equipe de estudantes de jornalismo da PUCPR, que acompanhou durante seis meses o trabalho do Nariz Solidário, registrando em fotos e vídeos a atuação dos voluntários nos hospitais. A intenção do trabalho é de mostrar aos visitantes, pacientes e equipe técnica do hospital como o trabalho de palhaçaria funciona e levar um pouco de emoção para quem passa pelo hospital.

Semanalmente a equipe do Nariz Solidário visita as instalações do Hospital Zilda Arns e interage com todos que se mostram abertos, desde recepcionistas e equipe de segurança até pacientes da UTI. Nesse encontro, os palhaços estabelecem conexões empáticas e interações lúdicas, tendo o jogo de improviso, a música e a alegria como ferramentas-chave.

Segundo o presidente e diretor geral da associação, Eduardo Roosevelt, a exposição é uma oportunidade de retratar e refletir sobre o significado da passagem do palhaço pelo ambiente hospitalar. Nos momentos capturados, há evidências da importância dessa figura que é capaz de transformar o ambiente e o estado emocional dos pacientes, familiares acompanhantes e colaboradores do hospital. “As imagens do nosso trabalho no Hospital Infantil de Campo Largo e no Hospital do Idoso Zilda Arns também traçam um interessante paralelo entre a interação do palhaço com quem está no início e no final da vida. Podemos observar as potências e fragilidades do ser humano em ambos os momentos”.

Eduardo reforça ainda que o Nariz Solidário leva o palhaço e sua linguagem muito a sério e que os profissionais voluntários estão em constante treinamento. “Nosso objetivo é que os resultados e os impactos desses encontros sejam saudáveis e transformadores para todos os envolvidos: Médicos, equipe de enfermagem, limpeza, recepção administrativo, pacientes, familiares e acompanhantes e, é claro, o próprio voluntario”, conclui.

O impacto do Nariz Solidário

Através da linguagem do palhaço, o Nariz Solidário leva bom humor e experiências de alegria e conforto para pacientes, familiares, visitantes e equipe de profissionais de três hospitais de Curitiba e Região Metropolitana. Em seus cinco anos de atividades, mais de 27 mil pessoas já foram impactadas pelas ações da ONG.

O Nariz Solidário também é referência pelo seu constante trabalho de capacitação de seus voluntários, pelo mapeamento em rede de grupos que atuam com a palhaçaria na região, além de  fazer-se presente em diversos movimentos dentro da rede do terceiro setor de Curitiba.

São realizados encontros mensais e compartilhados conteúdos, de forma constante, para aprofundar os conhecimentos na linguagem da palhaçaria, questões de humanização, cuidados epidemiológicos, trabalho terapêutico, contexto do terceiro setor e temas sobre o voluntariado. Profissionais de diversas áreas apoiam e acompanham o trabalho do grupo.

  **CRÉDITO FOTOS: Thais Porsch

Escrito por

Curitiba do nosso jeito!