Tempo:
17 C
clear sky
Curitiba
umidade: 99%
vento: 1 m/s WSW
H18 • L14
Ter
23 C
Qua
23 C
Qui
22 C
Sex
22 C
Sáb
24 C
HomeCulturaPrêmio reconhece dez histórias que inspiram a transformar o mundo
Inspiradores Mauricio Noronha_Rodrigo Brenner_credito Pablo Contreras

Prêmio reconhece dez histórias que inspiram a transformar o mundo

por | dez 12, 2018 | Cultura

Dois designers que criaram uma capa colorida para próteses de perna. Uma empresária do ramo de joias e acessórios que divulga a prática da meditação como causa de vida. Uma executiva que criou uma organização do Terceiro Setor para capacitar profissionalmente deficientes físicos. Um analista de sistemas que criou um robô para monitorar UTIs e reduzir a incidência de infecção hospitalar. A religiosa que se tornou treinadora e árbitra de futebol para resgatar jovens da marginalidade. O jornalista, escritor e pai que motiva outros pais a serem presentes nas vidas dos seus filhos. O cirurgião plástico que viaja o mundo realizando gratuitamente operações para correção de deformidades craniofaciais. O empresário que superou a paraplegia e criou uma startup que hoje é referência em pagamento digital. A médica que resgata crianças de lares violentos. A advogada que ajuda outras mães a lidar com o autismo dentro de casa.

Duas realidades unem os personagens acima: todos vivem e trabalham em Curitiba e todos receberão nesta quarta-feira (12) o Prêmio Viver Inspiradores 2018. Criado pela revista Viver Curitiba, o prêmio nasceu com o objetivo de revelar curitibanos que inspiram a sociedade a pensar e agir de forma diferente e a trabalhar para mudar o mundo a partir de iniciativas transformadoras. A entrega do Viver Inspiradores será realizada no auditório do Colégio Marista Paranaense, a partir das 19 horas.

“Há nove anos, a Viver Curitiba conta histórias e realizações de curitibanos especiais. Pessoas que encontraram formas inteligentes e equilibradas de investir seu tempo e ousaram pensar e agir diferente dos modelos tradicionais. Ao olharmos tantas histórias inspiradoras, decidimos criar esse prêmio”, explica o jornalista Luis Carneiro, publisher da Viver.

Os Inspiradores

Criadores da prótese Confete, primeira capa adaptável e colorida para prótese de perna produzida em massa no mundo, Maurício Noronha e Rodrigo Brenner ganharam no ano passado o prêmio Best of the Best do Red Dot e o Leão de Cannes em design de produto. Além de funcional, a Confete tem preço acessível e já está sendo comercializada em oito países, incluindo França, Espanha, Itália e Portugal. Eles foram eleitos Inspiradores porque usaram seu talento e criatividade para criar um produto inovador, premiado mundialmente, que ajuda pessoas com prótese na perna a recuperarem o movimento e a autoestima.

Coordenadora da ONG Mãos Sem Fronteiras no Brasil, a empresária Lilian Miranda fez da meditação sua causa de vida. Ela acredita que cinco minutos diários de meditação mudam a pessoa e ajuda a mudar o mundo. Lilian sofreu com depressão profunda e síndrome do pânico, até entender que o estilo de vida que vivia, pensando sempre no futuro, estava roubando seu presente. Ela ganha o Inspiradores porque encontrou uma maneira alternativa de transformar sua própria vida e decidiu compartilhar sua descoberta, inspirando outras pessoas a encontrarem sua paz interior.

Em 2004, a executiva Andrea Koppe teve que contratar pessoas com deficiência para que a empresa multinacional onde trabalhava preenchesse a cota exigida por lei. Percebeu que 95% das pessoas com deficiência estavam desempregadas e não havia no Brasil qualquer programa de inclusão dessas pessoas no mercado de trabalho. A partir daí, mobilizou dez empresas curitibanas para fundar a Universidade Livre para Eficiência Humana (UNILEHU),uma instituição que prepara o deficiente para o mercado de trabalho e ensina empresas a realizarem processos de inclusão. Hoje, a instituição atende mais de quatro mil pessoas por ano e possui cinco unidades de inclusão. Ela é um dos Inspiradores porque identificou uma carência da sociedade e decidiu investir sua vida para mudar esta realidade.

Após perder sua filha Laura, de apenas 18 dias, vítima de infecção hospitalar, o analista de sistemas Jacson Fressatto criou o robô Laura, que coleta dados sobre os pacientes que monitora a fim de evitar o agravamento de infecções. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as infecções hospitalares atingem cerca de 14% dos pacientes internados e são responsáveis por mais de 100 mil mortes no Brasil todos os anos. As estatísticas do robô indicam queda de 9% nos casos de infecção nos hospitais que usam o recurso. Ou seja, “Laura” pode salvar até 10 mil brasileiros por ano. Jacson é um dos Inspiradores porque usou a dor de uma situação trágica como motivação para criar uma tecnologia pioneira no mundo, capaz de salvar vidas.

Irmã Anete Giordani coordena o Centro de Ação Social Divina Misericórdia (CASDM), na Vila Sabará, na Cidade Industrial de Curitiba. Encontrou no futebol a forma de unir e cuidar de jovens em vulnerabilidade social. Tornou-se treinadora e árbitra do esporte para poder levar o projeto a diante. Revolucionou a Vila Sabará. Entre suas realizações estão a reorganização de uma das escolas locais, a administração da creche comunitária da vila e o trabalho que realiza com moradores carentes da região, trocando comidas e roupas pela presença em um círculo de conversas. Ela ganha o Inspiradores porque usou sua vocação para transformar a vida de uma comunidade carente, arregaçando as mangas e botando em prática um grande princípio de sua fé: o de “ajudar ao próximo”.

Autor do best seller “O Papai é Pop”, o jornalista Marcos Piangers é pai de duas lindas meninas: Aurora e Anita. Criado somente pela mãe, ele conheceu a importância e o valor da presença ou da falta da figura paterna. Ao ser pai, percebeu que a sociedade não prepara os homens para serem pais e que falta representatividade masculina quando o assunto é criação de filhos. Para mudar essa realidade, escreveu o livro “O Papai é Pop”, criou um canal no YouTube e realiza palestras e eventos para falar de paternidade e criatividade. É um dos Inspiradores do ano porque mostra a milhares de homens e mulheres como o pai é importante para o desenvolvimento das crianças e da humanidade.

Entre os 270 cirurgiões plásticos no Paran[a, apenas dois fazem cirurgias para corrigir deformidades craniofaciais. Um deles é Renato Freitas, responsável pelo Centro de Atendimento Integral ao Fissurado Labio-Palatal (CAIF), que já participou de mais de 50 missões, em diferentes países, realizando operações voluntárias. Renato trabalha há mais de 20 anos no CAIF, que realiza mais de 100 cirurgias por mês e atende pessoas de todo o Paraná pelo SUS. Foi escolhido um dos Inspiradores 2018 porque decidiu fazer diferente, utilizando seus conhecimentos na área da cirurgia plástica para atender pacientes que precisavam de cuidados de saúde e não apenas estéticos

Fundador do Ebanx, o empresário Alphonse Voigt venceu a paraplegia após sofrer um acidente num voo de paraquedismo. Com persistência, esforço e dedicação, conseguiu ficar em pé um ano após iniciar a fisioterapia e hoje já recuperou grande parte dos movimentos e voltou a praticar alguns esportes, como a pesca submarina. Aos 38 anos, criou o Ebanx, serviço que permite que brasileiros possam comprar em sites de fora sem precisar de cartão de crédito internacional. Em seis anos, a startup cresceu e hoje emprega 430 funcionários. É um dos Inspiradores porque virou o jogo no momento mais difícil de sua vida, usando-o como um impulsionador para transformar sua carreira e a economia local.

A médica pediatra e psicanalista Luci Pfeiffer coordena o programa Dedica (Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente), que atende a crianças que sofreram violências graves ou gravíssimas, na maioria das vezes causadas pelos responsáveis, dentro de casa. O Dedica recebe crianças encaminhadas do Hospital de Clínicas, outros hospitais infantis, delegacias, varas de infância e do conselho tutelar. Lá, elas são avaliadas e recebem tratamento com psicólogos, psicanalistas, pediatras e assistente social. O programa também cuida do responsável pela criança e, quando possível, dos agressores. Hoje, são 158 crianças e adolescentes em atendimento semanal contínuo. Luci é um dos Inspiradores porque dedica-se a cuidar de crianças que sofreram violências graves e a defender a infância.

Quando recebeu a notícia de que seu filho mais velho, Enrico, sofria com transtorno de espectro autista, a advogada Elyse Matos decidiu entender mais sobre a doença e percebeu que poderia ir além para ajudar a tornar o momento da descoberta do diagnóstico mais leve para os pais e auxiliar no processo de adaptação e na superação dos desafios que a doença traz. Foi quando decidiu criar o Ico Project, um Programa de Capacitação em Autismo, voltado para a criação de uma rede de incentivo ao neurodesenvolvimento de crianças com autismo. O programa foi desenvolvido em parceria com a Organização Mundial de Saúde, o Autism Speaks e a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Curitiba. A ideia de Elyse deu tão certo que o programa foi adotado pelo Ministério da Saúde, levando essa rede de apoio a todas as regiões do Brasil. Recebe o Inspiradores porque não se abateu com o diagnóstico de autismo do filho e criou um programa de assistência às famílias, presente em todo o Brasil.

Escrito por

Curitiba do nosso jeito!