Tempo:
9 C
broken clouds
Curitiba
umidade: 93%
vento: 4 m/s SE
H10 • L9
Sex
17 C
Sáb
18 C
Dom
24 C
Seg
22 C
Ter
21 C
HomeDestaquesCinco anos do Soviet com duas festas e convidados especiais
Soviet

Cinco anos do Soviet com duas festas e convidados especiais

por | ago 8, 2018 | Destaques, Diversão

A festa Soviet Pop Club, tradicional das sextas, ganha edição especial na programação de aniversário. No dia 10, tem show de Jade Baraldo, além da discotecagem dos DJs residentes Dimis, Duda Rezende, Lumo e Vitor Cruz. Jade ganhou destaque no ano passado ao gravar com o lendário violonista Hélio Delmiro uma versão de “Bonita” de Tom Jobim, lançando depois o single Brasa”. Ela foi semifinalista do programa The Voice Brasil, ganhando visibilidade nacional. O club abre às 23h com cardápio de drinks e doses em promoção até 1h. A noite toda tem combo de Heineken long neck com shot de Jose Cuervo ouro ou prata a R$ 20.
Sábado (11/8) é dia de Wild Party com Marina Dias e Johnny Luxo. Marina é DJ e modelo, destaque na carreira desde os anos 90. Ela saiu em edições da Vogue na França, Rússia e Inglaterra. Ela busca sempre novidades para incluir em seus sets. Também ligado ao mundo da moda, Johnny Luxo é um ícone da noite brasileira. Iniciando sua carreira como DJ ainda nos anos 90, se tornou expoente do movimento clubber no país. Foi residente de festas lendárias como Ursound e A Lôca e tocou em festas como o Baile da Vogue. Ele é conhecido do público do Soviet por edições do Halloween da casa.
A Wild Party segue o conceito de curtir a festa sem rótulos ou preconceitos. Não são permitidos fotos ou vídeos de celular, valorizando o clima permissivo da noite. O club abre às 23h, e terá surpresas que só quem for poderá saber.
O Soviet, que começou como um bar dedicado às vodkas e à cultura russa, acabou se tornando um club alternativo, dedicado à música, destacando o pop, dance e EDM. Herdou o nome, mas passou por uma grande repaginação. No ano passado, ganhou ainda uma reforma. A decoração ganhou influência da corrida espacial, com globos de espelhos formando uma grande constelação e um painel desenhado. A coquetelaria também se destaca, com um bar de drinks no piso superior.
A história da casa foi marcada por muitos momentos nesses cinco anos, desde eventos e shows (como Pabblo Vittar, Banda Uó e Carol Konká) até a marcar a representatividade no cenário curitibano. “Para mim, o melhor momento desses cinco anos foi que, através do Soviet conseguimos inserir os LGBTs em uma região de entretenimento noturno que anos atrás não era um lugar confortável para essas pessoas”, explica Pedro Grego, DJ e produtor. “O Soviet passou os cinco primeiros anos com muitos altos e alguns baixos, devido a insistência que eu e o Fernando temos em querer fazer as coisas acontecerem, independente das barreiras e preconceitos que são colocados na nossa frente quase todo fim de semana. Tenho um carinho e uma consideração enorme pelo club e pelo público e realmente cuido de lá como se fosse a minha própria casa”.
Ao lado de Grego, atua também o produtor e DJ Fernando Henrique de Oliveira, o Fefo. “Cinco anos parecem pouco, mas é uma trajetória enorme, cheia de conquistas e alegrias, cheia de ajustes e remodelações também”, comenta, sobre o aniversário. “O fato de sempre nos renovarmos em algum sentido é uma de nossas marcas. Estamos sempre atentos, eu e o Pedro, à resposta do público. Oferecemos um entretenimento noturno de qualidade, nos preocupando sempre com tudo o que entregamos ao público, da hostess na porta até o som e o que é servido dentro do club. Podemos dizer que o Soviet traduz uma identidade única na cidade”.
Para os próximos anos, a dupla busca mais inovação e identidade. “O que queremos para o club é que mais e mais DJs e artistas curitibanos tenham chance de mostrar e expressar seus trabalhos, e que o público abra o coração e a mente para novas experiências”, Grego afirma. Fernando complementa: “Os cino anos abrem as portas para mostrarmos que temos uma identidade como club, como casa noturna, como entretenimento de qualidade e respeito. O que mais queremos é que todo mundo se divirta dentro do clubinho, como o Soviet é chamado pelos nosso melhores clientes”.
Escrito por

Curitiba do nosso jeito!