Tempo:
cURL error 28: Operation timed out after 5000 milliseconds with 0 out of -1 bytes received
HomeEscapadasCom fácil acesso, Cachoeira do Jajá é ideal para um bate volta

Ficar em casa em um fim de semana de verão em Curitiba, chega a ser um pecado. Por isso, no último sábado, resolvemos nos refrescar em uma cachoeira e fugir um pouco da super lotação e do trânsito das praias. Já era meio tarde, 14h, por isso escolhemos uma perto daqui, a cachoeira do Jajá, no fim da Serra do Mar.

Em 50 minutos já estávamos lá. E o melhor, praticamente sem pegar estrada de chão, sem fazer trilha e sem precisar se afastar muito da BR. Dá para ir de manhã e almoçar em Morretes ou voltar para casa.

A cachoeira do Jajá é perfeita para ir com a família, ate levar crianças. A queda não é muito alta, então é possível ficar um bom tempo relaxando embaixo dela. Há alguns trechos mais fundos, mas em geral o riacho é raso. A água é um pouco gelado, como em toda cachoeira, mas acostumamos rapidinho. Quem quer mais tranquilidade, é só descer um pouco a correnteza e curtir as piscinas naturais.

O local cobra entrada de R$ 10 por pessoa e oferece banheiro com chuveiro, estacionamento, cancha de areia, além de quiosques com churrasqueiras para alugar. Tem também um bar, para matar a fome depois do mergulho.

Para chegar lá, são aproximadamente 50 quilômetros partindo de Curitiba. Pegue a BR 277, no sentido das praias, passe o pedágio e logo depois do KM 35 você vai avistar a lanchonete Cachoeira. Entre no acesso à lanchonete e pegue uma pequena estrada que passa por trás dela. Ande mais 500 metros e pronto, a entrada fica à esquerda.

Dicas: leve repelente, pois tem alguns mosquitinhos chatos. Não esqueça também que o pedágio nessa região é caro. Pagamos R$ 18 para ir e mais R$ 18 para voltar.

Os carros ficam estacionados ao lado da cachoeira, onde também ficam os quiosques para churrasco.

Para chegar à cachoeira, basta descer as escadarias.

 

 

Escrito por

Curitiba do nosso jeito!