Tempo:
18 C
broken clouds
Curitiba
umidade: 93%
vento: 4 m/s SE
H18 • L18
Dom
22 C
Seg
22 C
Ter
25 C
Qua
26 C
Qui
24 C

[et_pb_section admin_label="section" background_image="http://hashtagcuritiba.com/wp-content/uploads/2018/04/cachorro.jpg" transparent_background="off" allow_player_pause="off" inner_shadow="off" parallax="off" parallax_method="off" padding_mobile="off" make_fullwidth="off" use_custom_width="off" width_unit="on" make_equal="off" use_custom_gutter="off" fullwidth="off" specialty="off" disabled="off" custom_padding_tablet="50px|0|50px|0" custom_padding_last_edited="on|desktop" next_background_color="#f7f7f4"][et_pb_row admin_label="row" make_fullwidth="on" width_unit="off" padding_mobile="off" column_padding_mobile="on" parallax_2="off" parallax_method_2="on" parallax_3="off" parallax_method_3="on" parallax_4="off" parallax_method_4="on" disabled="off" background_position="top_left" background_repeat="repeat" background_size="initial" _builder_version="3.7"][et_pb_column type="4_4"][et_pb_divider admin_label="Divider" color="#ffffff" height="200" divider_style="solid" divider_position="top" divider_weight="1px" hide_on_mobile="on" disabled="off" disabled_on="on|on|off" show_divider="off"] [/et_pb_divider][et_pb_post_title comments="off" featured_image="off" parallax_method="off" text_orientation="center" text_background="on" text_bg_color="rgba(175,175,175,0.9)" use_border_color="off" title_font="Oswald|on|||" title_font_size="58px" title_text_color="#ffffff" meta_text_color="#ffffff" parallax="on" background_color="rgba(252,252,252,0)" _builder_version="3.7"] [/et_pb_post_title][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section][et_pb_section bb_built="1" admin_label="Section" transparent_background="off" background_color="#f7f7f4" allow_player_pause="off" inner_shadow="off" parallax="off" parallax_method="off" padding_mobile="off" make_fullwidth="off" use_custom_width="off" width_unit="on" make_equal="off" use_custom_gutter="off" fullwidth="off" specialty="off" disabled="off" custom_padding="||0px|" custom_padding_tablet="50px|0|50px|0" custom_padding_last_edited="on|desktop" prev_background_color="#ffffff"][et_pb_row admin_label="row" custom_padding="20px|||" custom_padding_tablet="0px|||" padding_mobile="on" parallax_method="off" column_padding_mobile="on" parallax_method_1="off" parallax_method_2="off" parallax_3="off" parallax_method_3="on" parallax_4="off" parallax_method_4="on" disabled="off" custom_margin="||0px|" background_position="top_left" background_repeat="repeat" background_size="initial" _builder_version="3.7" module_alignment="center"][et_pb_column type="4_4"][et_pb_text admin_label="Text" background_layout="light" text_orientation="justified" text_font="Verdana||||" text_font_size="20px" text_text_color="#363636" text_line_height="1.4em" use_border_color="off" border_style="solid" custom_margin="0px||0px|" disabled="off" border_color="#ffffff" header_font="Oswald||||" background_position="top_left" background_repeat="repeat" background_size="initial" _builder_version="3.7"] Especiais e com características únicas, os cães sem raça definida (SRD), popularmente conhecidos como vira-latas, ganham mais uma edição de evento dedicado a eles nesse domingo - o 2º Encontro SRD HiperZoo. Já quem está procurando um "novo amigo" ou precisa treinar o animal de estimação, o pet center promove feirinha de adoção e aula de adestramento no sábado (14). O programa de adestramento coletivo contará com duas aulas nesse sábado: das 10h às 11h, o tema será “Controle de ansiedade e estresse”

Leia Mais

O Brasil já tem a segunda maior população de cachorros e gatos do mundo. Porém quanto custa ter um pet? Muitos tutores não sabem o valor que gastam mensalmente para manter seus animais de estimação. Algumas atitudes podem garantir economia e melhor organização dos gastos. De acordo com a Abinpet - Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação -, para ter um cão o tutor gasta, em média, de R$ 216,50 (animal pequeno) e R$ 411,32 (animal grande). Já as despesas com os felinos chegam a R$ 121 mensais. Entre os itens principais estão: ração, gastos com veterinário, vacinas, vermífugos e banhos. Existem algumas formas de reduzir os gastos sem interferir no bem-estar e diversão dos animais de estimação. Conheça abaixo 7 dicas para economizar com seu pet: 1. Saiba o que está gastando O primeiro passo para economizar nos gastos com seu pet é colocar as despesas como alimentação, brinquedinhos, banho, tosa, consultas, vacinas, passeadores e outros produtos e serviços na “ponta do lápis”. Uma boa alternativa é lançar os valores em uma planilha para ter um controle exato (na internet existem diversos modelos que o tutor pode baixar gratuitamente). 2.   Pesquise os preços Comparar preços é ideal para economizar com os principais

Leia Mais

Não é a toa que os chamamos de animais de estimação, os pets são considerados membros da família e muito amados. Sendo assim, não é de se admirar que os tutores queiram comemorar a data de nascimento deles, e por que não com festa?! É o que eu e minha amiga Inês vamos fazer. Os buldogues franceses Charlotte e Escobar convivem desde pequenos juntos e na data em que completam um ano de idade, preparamos uma festinha de aniversário com direito a bolo, docinhos e muita diversão para os convidados, tanto para os cães quanto para os humanos. O "auniversário" está marcado para o dia 02 de abril, próximo domingo, no petshop 100% Pet. O espaço é enorme, fechado e coberto, então os dogs ficam soltos e podem correr por tudo, tem uma área com grama e piscina de bolinhas, e se chover, ninguém se molha! A festinha, aberta ao público, é um pretexto para encontrar os amigos e distrair nossos pets, já que ficam a semana inteira dentro de apartamentos, sem conviver com outros animais. Para a alegria dos humanos, estão confirmados, o foodtruck Nebraska Burguer, o beertuck da Brahma e a foodbike Refresca Eu, que venderão comidinhas e bebidas no local. Não haverá

Leia Mais

Com a chegada do verão, as pessoas costumam viajar com os animais de estimação e, muitas vezes, esquecem dos cuidados extras necessários nessa época do ano. A veterinária da DrogaVET, Farah Ramalho de Andrade, dá algumas dicas simples para que os pets curtam com bem-estar a estação mais quente do ano. 1 – Horário dos Passeios Segundo a veterinária, os tutores devem ficar atentos aos horários de passeio dos pets. “Os cães, por exemplo, fazem a troca de temperatura pela respiração e também transpiram parcialmente  pelos coxins, aquela almofadinha da pata. Com a alta temperatura do chão e da areia da praia, os riscos de queimarem as patinhas aumentam e o tratamento nessa região é difícil e demorado”, comenta. Evitar o sol entre 10h e 15h e sempre testar a temperatura do local onde vai passear com o seu pet  ajudam a evitar o problema. 2 – Raças Braquicefálicas No caso das raças braquicefálicas, aquelas que possuem o focinho achatado, como os pugs, buldogs franceses e buldogues, os cuidados devem ser redobrados. “Devido às obstruções respiratórias, esses pets são mais propensos a ter, além de dispnéia, que é a dificuldade de respiração, hipertermia e desenvolverem a síndrome dos braquicefálicos, que é uma associação de vários sintomas que pode colocar a vida

Leia Mais

Uma cena muito familiar para quem tem pet: você comendo, na mesa, e o seu cachorro ao lado, esperando alguma comida cair no chão. Às vezes, basta um barulho diferente para que ele venha correndo, abanando o rabo, esperando as sobras. É frequente, aliás, que alguns animais comam quase tudo que encontram no chão: restos de comida, papeis, lixos variados. E muitos donos ainda têm dúvidas sobre quais as consequências desse hábito e os motivos que levam os pets a fazerem isso. A explicação sobre o porquê isso acontece é bem simples: comer as coisas que caem no chão é uma ação instintiva, que foi reproduzida pelos ancestrais do bichinho. Cachorros evoluíram dessa forma, encontrando e comendo o que lhes fosse oferecido ou que encontrassem sozinhos. Domesticados, hoje os pets podem sofrer com essa prática. Em geral, as consequências se limitam apenas a uma alimentação desregulada. Dificilmente haverá risco de que ele desenvolva problemas de saúde. Isso tem chances maiores de ocorrer se o animal ingerir brinquedos e objetos de plástico, que podem causar obstrução ou até rupturas de órgãos internos. Com relação às vacinas, elas fazem pouca diferença em caso de ingestão de comida do chão. Segundo Márcio Waldman, médico veterinário e

Leia Mais

Enquanto diversos setores da economia enfrentam dificuldades em meio à crise financeira no Brasil, o mercado de franquias voltadas para o mundo pet comemora. Segundo a Abinpet (Associação Brasileira de Produtos para Animais de Estimação), o faturamento do segmento pet no Brasil foi de R$ 18 bilhões em 2015, o 3º maior do mundo; a expectativa é que o crescimento do mercado chegue a 6,7% em 2016, em relação ao último ano. Com o crescimento do setor acima da média do varejo nacional, investir em um negócio próprio pode ser a solução perfeita para quem quer transformar o amor pelos bichos em fonte de renda. Para tornar esse sonho realidade, a rede de franquias 100% PET, afiliada à Associação Brasileira de Franchising (ABF), possui infraestrutura completa: suporte desde a implantação do estabelecimento, marketing contínuo e arquitetura diferenciada são algumas das vantagens presentes na parceria com o grupo. Segundo o Diretor de Franchising Ricardo Matos, a relação entre os donos e seus pets mudou e o segmento acompanhou esse avanço. “Os pets saíram do quintal para a cama e agora ocupam lugar de destaque na família. Com isso, os cuidados com a saúde, beleza e bem estar dos animais impulsionam o mercado”, afirma.

Leia Mais