Start​ ​up​ ​paranaense​ ​cria​ ​delivery​ ​surpresa

por | out 19, 2017 | Comer e beber, Destaques | 0 Comentários

Se você tem costume de pedir comida, mesmo que de vez em quando, certamente já passou por esta situação: chega o fim do dia, a fome vai começando a bater e então aparece a dúvida: o que eu vou comer hoje?

Cozinhar é trabalhoso e aplicativos de delivery, que deveriam ajudar, têm opções demais e acabam te deixando mais confuso. Nesta hora, a solução acaba sendo uma só: pedir o mesmo de sempre. Os curitibanos Matheus de Lima, 21, e Artur Guarezi, 27, roomates que estavam cansados de passar horas decidindo o que pedir – em um apartamento que raramente tinha comida na geladeira – decidiram resolver este problema e criaram o Rango!, um delivery surpresa.

No site da startup (www.vemrango.com), o cliente informa suas preferências, restrições e o valor máximo que quer pagar. Depois disso, é só aguardar a chegada da comida. Inicialmente, a ideia pode parecer um pouco estranha, mas já sanou a indecisão de centenas de pessoas.

COMO​ ​FUNCIONA?
Por meio de um formulário, o cliente começa dizendo se existe algo que ele não desejaria receber (exemplo: não quero pizza), se tem alguma restrição alimentar (exemplo: não come nada com lactose), se deseja retirar algum ingrediente (exemplo: retirar ervilha) e qual é o tamanho da sua fome. Depois disso, passa para a etapa do cadastro e, por fim, escolhe o valor máximo que quer pagar pelo pedido, incluindo todos os custos. Os criadores da ideia, dizem que é possível fazer um pedido em menos de 2 minutos.

Um robô seleciona, de acordo com as respostas do formulário, qual é a melhor opção disponível em restaurantes próximos do cliente (apenas os que têm boas avaliações) e envia o pedido. O tempo de entrega é o mesmo que em aplicativos populares como iFood, PedidosJá e SpoonRocket. Segundo Rafaela Graf, que pede comida pela plataforma ao menos uma vez por semana, “é muito mais prático, eu digo tudo que não quero comer e sempre recebo algo diferente”. Para os que não querem receber algo completamente surpresa, é possível optar por receber um tipo de comida específico, como pizza, por exemplo, e não decidir qual será o sabor, apenas
os ingredientes que ela não deve conter.

A​ ​EXPERIÊNCIA
No Rango! a chegada da comida é acompanhada de bastante ansiedade, que “depois de um prato quentinho e saboroso, vai se transformar em uma sensação incrível de satisfação”, diz Matheus, um dos fundadores da empresa.

COMO​ ​TUDO​ ​COMEÇOU?
Os sócios passaram recentemente pelo programa de pré-aceleração de startups do SEBRAE, o Epifania, e agora participam de um programa de tração, também do SEBRAE, o Tracion. “Queremos acelerar nosso desenvolvimento e os programas nos ajudam com isso. Facilita o networking, ajuda a seguir uma agenda de crescimento, isso sem falar da mentoria especializada”, resume Artur. Os projetos são liderados por Ricardo Dória, CEO da Aldeia Coworking.

HASHTAGCURITIBA

Curitiba do nosso jeito.

Matérias Relacionadas