Tempo:
19 C
clear sky
Curitiba
umidade: 56%
vento: 4 m/s N
H20 • L18
Seg
20 C
Ter
21 C
Qua
21 C
Qui
20 C
Sex
18 C
HomeDestaques3 lugares para curtir o verão, pertinho de Curitiba

3 lugares para curtir o verão, pertinho de Curitiba

por | dez 26, 2018 | Destaques, Diversão, Escapadas

Estância Hidromineral Ouro Fino

A Estância Hidromineral Ouro Fino foi criada em 1938 pela Família Mocellin, donos da Empresa de Águas Ouro Fino até hoje. Referência no envase de água mineral natural no Brasil, a Ouro Fino foi criada em 1898 e completa 120 anos em 2018. A empresa é responsável por manter uma extensa área de preservação ambiental que conserva a vegetação da Mata Atlântica, encanta quem passa pela região, garante sua sustentabilidade a longo prazo e a pureza e a qualidade de sua água mineral natural, sua grande fortaleza. O local é situado em Campo Largo – a 40 minutos da capital paranaense –, e disponibiliza diversas atividades que podem ser praticadas ao ar livre, em pleno contato com a natureza.

 A estrutura do parque proporciona acesso a muitas opções de lazer, como conhecer a histórica construção da fábrica, explorar trilhas, rios, piscinas e, ainda, visitar a lendária Cascata dos Amores. O acesso à Cascata dos Amores foi criado no início da década de 1960, sob os cuidados da dona Dedé Mocellin, e reza a lenda que, quem se molha nas águas da cascata, casa-se brevemente. Apesar de não haver comprovações sobre o sucesso desses acontecimentos, o fato é que a tradição perpetuou, e ainda hoje, muitos casais de namorados vão até o local para realizar o pedido de casamento.

O parque sempre é cogitado como opção para receber eventos esportivos, de lazer ou de entretenimento por conta da estrutura disposta em uma grande área verde. Sendo assim, quem mora em Curitiba e região metropolitana pode usufruir de espaços seguros e imersos na natureza para passar o dia e praticar diversas atividades e exercícios ao ar livre ou simplesmente levar a família para um contato bem próximo e proveitoso com a natureza, recarregando as energias e deixando o estresse da cidade grande de lado.

Como chegar: O endereço é Estrada Ouro Fino, s/n.  Há duas linhas de ônibus que param perto da estância (fazendo a integração no Terminal de Campo Largo): 107 Bateais e 114 Miqueleto. Para quem vai de carro, a distância da região central de Curitiba é 40 km (o trajeto leva, em média, uns 40 minutos).

Para mais informações, clique aqui! 

EstânciaHidromineralOuroFino (6)

Ekôa Park

Localizado em Morretes, o parque é aberto ao público para “day use” aos sábados, domingos e feriados, das 9h às 17h. O espaço oferece um contato privilegiado com a mata, práticas ecológicas, aventura, oficinas e outras atividades de lazer e entretenimento. Crianças e adultos descobrem alguns segredos da região, se surpreendem com as maravilhas escondidas na floresta e têm a oportunidade de viver experiências reais de reconexão com a natureza.

Atividades

Projeção 180º – Uma incrível viagem no tempo e pela história de Morretes, com informações sobre as formações geológicas e ciclos econômicos da região.

Corredor dos Sentidos – Um túnel sensorial pela mata.

Tekôa – Uma proposta de sistema integrado para uma vida mais sustentável em um espaço de pedagogia prática, onde a teoria e o fazer se unem.

Trilha do Peabiru – Descubra a incrível história do caminho que ligou o Brasil ao Peru.

Trilha da Mata – Explore as curiosidades da natureza e a dinâmica das interações do bioma, através de uma caminhada investigativa pela floresta.

Trilha das Aves – Visite a nossa torre de observação a 15m de altura e observe muitas aves endêmicas da Mata Atlântica.

Bolha Humana – Que tal andar, pular, girar e brincar sobre as águas?

Arvorismo – Mais de 240m de circuito na altura da copa das árvores, com 23 plataformas e pontes cada vez mais desafiadoras.

Tirolesa – 160m de extensão e adrenalina pura.

Voo Cativo e Rapel de Balão – Esta é a chance de subir ao céu e observar toda a reserva de Mata Atlântica do Ekôa Park. O balão fica preso por cordas e sobe aproximadamente 40m.

Abre no último fim de semana de dezembro – dias 29 e 30.

Como chegar: Estrada da Graciosa, Km 18,5 – São João da Graciosa, Morretes – Paraná | Contato 41 3462 4136. Para mais informações clique aqui!

Ekoa PArk Morretes

Lagoa Azul

Localizada em Campo Magro, a Lagoa Azul é um paraíso que fica pertinho de Curitiba, mas exige atenção e cuidados para quem decidir ir até lá.

Pesquisamos no Google antes de ir, as indicações do Trip Advisor e outros sites não tinham endereço e já avisavam sobre a falta de sinalização. Então jogamos no Google Maps direto o nome “Lagoa Azul Campo Magro” e lá fomos nós.

Fomos sentido Santa Felicidade, depois Campo Magro, e de repente uma estrada de terra, lá o sinal de celular parou de pegar e fomos seguindo o instinto aventureiro.No caminho havia apenas uma placa indicando o sentido, então seguimos o fluxo dos carros que estavam na nossa frente. E não é que deu certo, chegamos na tal Lagoa.

Lagoa Azul em Campo Magro

No meio de montanhas de pedra, o sol reflete na água verdinha e cristalina, e que por incrível que pareça, não é gelada. O paredão em volta dá um charme e proporciona sombra para os que não querem se queimar, pois parece que o sol fica ainda mais intenso quando reflete.

Lagoa Azul Campo Magro

Estrutura e segurança

Muitas pessoas nos perguntam se pode nadar, se há segurança. Não há nenhuma estrutura, nem salva-vidas, nem bombeiros, a lagoa é muito profunda, só possui algumas pedras ao redor. Para os desprevenidos, não tem lanchonete nem banheiros, portanto se planejem para ir e levem tudo o que forem consumir.

Quem for com crianças e cachorros, deve redobrar a atenção.

Lagoa Azul

Localização

Como explicamos acima, o mais fácil é colocar no GPS “Lagoa Azul Campo Magro”.

Por que? Porque tem um endereço na internet “Rua da Pedreira” que vai levar para outro local. Então melhor colocar direto o nome no mapa.

Quem se perder, no caminho tem um restaurante chamado Pedra Chata, ali os visitantes podem pedir informações e ainda aproveitar as delícias e atrações locais. Além disso, é um bom ponto de encontro para os aventureiros!

História

Lemos numa matéria da Gazeta do Povo, que o local era uma pedreira que foi desativada. Por causa da explosão de dinamites para a retirada das pedras, o solo foi perfurado e chegou até o lençol freático, que inundou uma cratera, transformando-a em um lago. Segundo o jornal, a pedreira pertence a uma empresa privada, o que impede o poder público de investir em infraestrutura e segurança.

Escrito por

Curitiba do nosso jeito!